Make your own free website on Tripod.com
PROGRAMA III

ROTEIRO 14

LEI DO TRABALHO
NECESSIDADE DO TRABALHO

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
1) Identificar no trabalho, uma lei divina ou da natureza.
2) Explicar porque o trabalho é um meio de progresso humano
3) Traçar um paralelo entre a natureza do trabalho nos mundos inferiores e nos superiores

IDÉIAS PRINCIPAIS.
"O trabalho é lei da Natureza, por isso mesmo que constitui uma necessidade, e a civilização obriga o homem a trabalhar mais, porque lhe aumenta as necessidades e os gozos." (04)
O trabalho no "(...) homem visa duplo fim: a conservarão do corpo e o desenvolvimento da faculdade de pensar, o que também é uma necessidade e o eleva acima de si mesmo. (...)" (06)
Nos diversos mundos do Universo, "a natureza do trabalho está em relação com a natureza das necessidades. Quanto menos materiais são estas, menos material e o trabalho. Mas, não deduzais daí que o homem se conserve inativo e inútil. A ociosidade seria um suplício, em vez de ser um benefício." (07)

FONTES DE CONSULTA.

BÁSICAS

01 - KARDEC ,Allan. Há muitas moradas na casa de meu pai In: O Evangelho segundo o Espiritismo. Trad. Guillon Ribeiro. 87 ed. Rio de Janeiro ,FEB, 1983, item 8 , pg. 79
02 - Op. citada, item 9,pg. 79
03 - Op. citada, item 12,81-82
04 - O Livro dos Espíritos. Trad. Guillon Ribeiro 58 ed. Rio de Janeiro ,FEB, 1983 ,perg. 674
05 - Op. citada, perg. 676
06 - Op. citada, perg. 677
06 - Op. citada, perg. 678

Complementares

07 - FRANCO, Divaldo. A bênção do trabalho. In As leis morais da vida, ditado pelo Espírito Joanna da Ângelis. Salvador ,Alvorada, 1976 ,pg. 31-32.
08 - Trabalho In; Estudos Espíritas. Pelo Espírito Joanna de Ângelis .Rio de Janeiro ,FEB, 1982, pg. 91
09 - Op. citada, pag. 95-96.
 

NECESSIDADE DO TRABALHO.

"Genericamente o vocábulo trabalho pode ser definido como: 'ocupação em alguma obra ou ministério ; exercício material ou intelectual para fazer ou conseguir alguma coisa'.
O trabalho porém ,é lei da natureza mediante a qual o homem forja o próprio progresso desenvolvendo as possibilidades do meio ambiente em que se situa , ampliando os recursos de preservação da vida , por meio das suas necessidades imediatas na comunidade social onde vive.(...).
O trabalho, no entanto, não se restringe ao esforço de ordem material , física , mas, também intelectual pelo labor desenvolvido , objetivando as manifestações da Cultura , do Conhecimento , da Arte , da Ciência. (...)"(9)
"(...) Mediante o trabalho remunerado o homem modifica o meio , transforma o habitat , cria condições de conforto.
Através do trabalho-abnegação , do qual não decorre troca nem permuta de remuneração , ele se modifica a si mesmo , crescendo no sentido moral e espiritual.
Por um processo ele se desenvolve na horizontal e se melhora exteriormente ; pelo outro , ascende no sentido vertical da vida e se transforma de dentro para fora.
Utilizando-se do primeiro recurso conquista simpatia e respeito , gratidão e amizade. Através da auto doação consegue superar-se , revelando-se instrumento da Misericórdia Divina na construção da felicidade de todos.(...)(10)
"(...)Sem o trabalho , o homem permaneceria sempre na infância , quanto a inteligência . Por isso é que seu alimento , sua segurança e seu bem estar dependem do seu trabalho e da sua atividade. Ao extremamente fraco de corpo outorgou Deus a inteligência em compensação. Mas é sempre um trabalho".(05)
"(...)O trabalho é , ao lado da oração , o mais eficiente antídoto contra o mal, porquanto conquista valores incalculáveis com que o espírito corrige as imperfeições e disciplina a vontade.
O momento perigoso para o cristão é o do ócio , não o do sofrimento nem o da luta áspera.
Na ociosidade surge e cresce o mal. Na dor e na tarefa fulguram a luz da oração e a chama da fé. (...)(08)
Nos mundos mais evoluídos quanto nos inferiores, a natureza do trabalho não é a mesma. " A natureza do trabalho está em relação com a natureza das necessidades. Quanto menos materiais são estas , menos material é o trabalho. Mas, não deduzais daí que o homem se conserve inativo e inútil. A ociosidade seria um suplício em vez de ser um beneficio" (07)
Nos mundos primitivos os seus habitantes são mais rudimentares "(...) A força bruta é , entre eles , a única lei. Carentes de indústrias e de invenções , passam a vida na conquista de alimento.(...)"(01)
"Nos mundos que chegaram a um grau superior , as condições da vidas moral e material são muitíssimo diversas das da vida na terra.(...)"(02)
Entretanto , os mundos felizes não são orbes privilegiados , visto que Deus não é parcial para qualquer dos seus filhos;(...) todos são acessíveis as mais altas categorias; apenas lhes cumpre , a eles , conquista-las pelo seu trabalho , alcança-las mais depressa , ou permanecer inativo por séculos no lodaçal da Humanidade" (03)

ANEXO I

Com base nas perguntas lidas em o "Livro dos Espíritos, responda

01. O que se deve entender por trabalho?
02. Em que situação o trabalho pode ser considerado uma expiação?
03. Qual o grande objetivo do trabalho? Justifique.
04. Por que a natureza do trabalho varia de mundo para mundo?
05. Como explicar o problema de pessoas que são física e intelectualmente impedidas de trabalhar?
06. Qual a diferença do trabalho realizado nos mundos superiores e aos inferiores?

ANEXO II

Com base nas perguntas lidas em o "Livro dos Espíritos, responda.

01. Por quê o trabalho se impõe como uma necessidade humana?
02. De que maneira uma pessoa portadora de sérias deformidades físicas poderia trabalhar ?
03. Qual a diferença entre o trabalho realizado pelos animais e aquele realizado pelo homem?
04. Uma pessoa, ricamente dotada de bens mate riais, deve estar isenta do trabalho? Justifique.
05. Em que situações está o homem impedido de trabalhar?
06. Por quê a ociosidade seria um suplício?